Posts Tagged ‘iphone’

Faça igual a Angélica, Vá de Taxi.

dezembro 11, 2008

sem-titulo-2

Como em qualquer metróple mundial, O Taxi é um dos recurso mais utilizados nestes centros urbanos. Com trânsito e pouca paciência, muitas pessoas procuram o bom e velho taxi.

A empresa brasileira Tangível lançará no mês de Dezembro o aplicativo chamado Taxi.com.br para Iphones e iPods Touchs.

Será um aplicativo bem ousado e útil, o Taxi.com.br  trará a mesma proposta do próprio site, que oferece o mesmo serviço inteligente na web: primeiro você escolhe sua cidade, e nome de rua com o número (não precisa do bairro, CEP etc.), fazer o mesmo com o destino e pedir para calcular. Em alguns segundos, o site/aplicativo apresenta os valores tanto para bandeira 1 quanto para a 2 e o trajeto tudo isto mostrado diretamente no Google Maps.

O mais legal do aplicativo será a interação com as cooperativas de táxis regionais, onde o usuário solicita um carro após fazer o cálculo da corrida. A Tangível quer ir além criando uma plataforma inovadora de pagamento das corridas, através de créditos que ficam na conta do usuário do iPhone.

O iPhone no país dos analfabetos.

outubro 9, 2008

Muito se fala sobre internet, no crescimento do e-commerce, nos acessos residenciais, sobre a migração do investimento em mídia do off line para o on line, além dos 138 milhões de celulares existentes no Brasil, com foco no iPhone.

 

Tudo isso muito legal e muito bonito, é a Terra Tupiniquim na era da tecnologia, porém o pouco que se fala do outro Brasil, segundo o IBGE, “estamos num vergonhoso lugar entre os países da América Latina”, no quesito alfabetização. E não considerando alfabetizadas as pessoas que desenham o próprio nome, mas aqueles que conseguem assinar um documento lido e entendido.

 

A mescla entre esses dois “Brasis” tem criados hábitos “inovadores”. Com tanta facilidade em adquirir um aparelho celular, além do incentivo fiscal que barateou o preço de um computador, serviu para que o acesso às informações seja mais fácil, porém não quer dizer mais útil.

 

Vejo pessoas encantadas com os novos brinquedinhos, sem saber utilizá-los, para exemplificar imaginem esta situação:

 

Um pedestre com seu Nokia pendurado no pescoço ouvindo o Funk Carioca – nada contra o Funk Carioca – pesado sem utilizar o fone de ouvido, como se fosse um radinho de pilha antigo! Além disso, Lan Houses estão cheias de gente, mas fazendo o que? Vendo o Orkut? Batendo-papo no MSN?

 

Não questiono sobre o lazer na web, acredito que tenha que haver momentos de diversão, mas fico imaginando o tipo de pessoas que estão sendo formadas na geração denominada “Y”? São excelentes burros consumidores. Compram mais, porém não conseguem refletir o mundo, que está na web, além do seu próprio umbigo! Então o que vale mais? Consumir apenas ou consumir com consciência?

 

É o inicio da discussão…

Iphone vs Chuchu.

outubro 5, 2008

Um puxão de orelhas para nosso glorioso Steve.

E o pior: é verdade….

Iphone 3G? Só se for na Argentina ou Equador.

outubro 1, 2008

Eu sei que este assunto já fui divulgado em VÁRIOS blogs, mesmo assim vale a pelo teor da crítica.

Como que nossa gloriosa VIVO está vendendo um Iphone por “APENAS” R$899,00 – o aparelho – mais um plano ínfimo de R$585,00/mês por um periodo de um ano? Sendo que se comprar passagem para Buenos Aires ou Quito e pagar o preço do aparelho, você também terá o supra sumo da tecnologia criado pela Apple.

Veja abaixo uma tabela dos preços (em reais) na América Latina.

Simples ou Complexo?

abril 2, 2008

Olá, vamos começar este “empreendimento” blogueiro com o pé direito e um post bem “simples”. Falarei sobre Simplicidade.

Desde os tempos mais primórdios muitas pessoas comentam sobre este tema, principalmente agora quando contextualizamos no mundo tecnológico altamente complexo cheio de bits, bytes, DVD’S, Menus, Tutoriais e etc. Todo mundo se pergunta porque grandes produtos como Google, Skpye, Ipod, Yahoo fazem tanto sucesso no mundo digital? A resposta é simples como o título do post. Todos são simples e usuais.

Iphone  Ipod Google

Este foi o principal desafio do grande americano-japonês Johh Maeda, onde escreve um livro tentando balancear a simplicidade e complexidade nos negócios, tecnologia e design dando diretrizes e orientações de como melhorar esta “arte”.  Ele criou leis que se aplicam em qualquer tipo de negócio. Vejam as leis.

Lei 1: Reduzir.
Lei 2: Organizar.
Lei 3: Simplicidade ajuda a ganhar tempo e agilidade.
Lei 4: Muito conhecimento tornam as coisas simples.
Lei 5: As diferenças entre ambos.
Lei 6: Contextualizar.
Lei 7: Que traga emoção, emocionar.
Lei 8: Passe confiança e credibilidade.
Lei 9: Fracasso, nem tudo pode ser simples.
Lei 10: Subtrair o obvio e adicionar o útil.

Também achei algumas frases relacionadas ao assunto de grandes ícones de nossa história.  

“Estética, harmonia, graça e equilíbrio dependem da simplicidade” – Platão

“A simplicidade é o último grau de sofisticação” – Leonardo da Vinci

“A arte é a eliminação do que é desnecessário” – Pablo Picasso

“A verdade pode ser encontrada na simplicidade, nunca na multiplicidade e confusão das coisas” – Isaac Newton

“Na arte, quando forte fina e superior, a simplicidade resulta sempre de um violento esforço” – Eça de Queiroz

O que vocês acham sobre isso?

+ sobre John Maeda
http://www.maedastudio.com/
http://lawsofsimplicity.com/
http://weblogs.media.mit.edu/SIMPLICITY/
http://en.wikipedia.org/wiki/John_Maeda